Estes 4 bebês foram salvos graças à sua assinatura

As pessoas que usam a Change.org não negam solidariedade para crianças! Toda semana vemos vidas sendo salvas, em todas as partes do Brasil. Conheça melhor quatro desses bebês

A Elisa

“O próprio secretário de Saúde me ligou! Disse que viu o tamanho do abaixo-assinado e que já estava providenciando a cirurgia no pulmão da minha irmã”, conta emocionada a brasiliense Érika Teixeira. Quando descobriu que a vida de Elisa estava em risco, ela decidiu fazer de tudo para garantir que a menina – recém-nascida e com síndrome de Down – sobrevivesse. Foi muito além do que imaginava. Mobilizou mais de 200 mil pessoas na Change.org e não deu outra alternativa para o Governo de Brasília: depois de muito argumentar que não havia estrutura, a operação foi finalmente realizada. Elisa teve alta e, pela primeira vez, está em casa com a família.

 Elisa fez a cirurgia e já está em casa. (imagem: Arquivo pessoal)

Elisa fez a cirurgia e já está em casa. (imagem: Arquivo pessoal)

Não foi simples. Lutar contra os entraves do Sistema Único de Saúde, especialmente quando a vida pede urgência, é tarefa desafiadora. Erika optou por não ficar sozinha nesta jornada. Ao criar a petição, sabia que poderia contar o apoio de muita gente. “Não tenho palavras para agradecer o apoio das mais de 200 mil pessoas que assinaram meu abaixo-assinado. Graças a vocês, a Elisa foi operada e terá uma nova chance de viver com saúde”, diz ela para quem assinou com o coração cheio de gratidão.

O Artur

A vitória da mobilização da Érica para salvar Elisa, acima, foi inspiradora. Foi o que motivou Debora Mendes a criar um abaixo-assinado também, para salvar seu filho Artur. Ele tem somente 5 meses e, também com síndrome de Down, passava por uma situação semelhante: precisava de uma cirurgia de coração que não era providenciada pelo mesmo Governo de Brasília. A campanha foi imensa e 174 mil pessoas assinaram. “Eu li as mensagens das pessoas que assinaram, eram muitas! Não consegui chegar ao final delas. Agradeço a todas e todos, principalmente por não me conhecerem e estarem preocupados com a saúde do meu filho, dando força, inclusive fazendo orações", diz a mãe.

A Maithê

Os abaixo-assinados na Change.org vão muito além da troca de assinaturas. Elas aproximam pessoas de verdade. Foi assim que Maithê, uma menina de 4 anos de São Paulo que tem Síndrome de Rett, conseguiu a cadeira de rodas que tanto precisava. A sua família já havia ganho na Justiça o direito de receber o equipamento da Secretaria Municipal de Saúde. Como nada foi feito, a jornalista Luciana Maia, que se solidarizou com a história, criou um abaixo-assinado. Foram mais de 16 mil apoios e nada do poder público tomar uma atitude. Você acha que ficou por isso mesmo? Não mesmo! O casal Keli e Orlando, que viu o caso na Change.org, mandou a cadeira de presente para a Maithê. Muito amor por esses dois <3

O Mateus

Fabrício Amaral, de Belo Horizonte, acredita que os abaixo-assinados podem destravar burocracias jurídicas – e por isso criou um quando soube que a Advocacia-Geral da União não liberava a viagem para o Mateus fazer o seu transplante de intestino em Miami. O menino de 7 anos, que emocionou o Brasil ao entrar em campo no jogo do Cruzeiro, foi diagnosticado com displasia neural intestinal, além de ter deficiência visual. A cirurgia era urgente. A União liberou a documentação, o garoto e sua mãe tiraram o visto americano e, neste momento, passam um ano nos Estados Unidos para completar que o tratamento. Por aqui, estamos todos mandamos em uma torcida maior que o Mineirão!

Mais de 7 milhões de pessoas usam a Change.org para mudanças de verdade no Brasil. No mundo todo, a plataforma registra uma vitória por hora. Conheça todas as nossas ferramentas no site Como Usar a Change.org e, depois, inspire-se para fazer a sua própria mobilização, clicando aqui.